Postagens

J. D. Salinger - The Catcher in the Rye

Imagem
J. D. Salinger - The Catcher in the Rye - 288 Páginas - Editora Little, Brown and Company - Lançamento: Julho/1951 Publicado no Brasil pela Editora do Autor como "O Apanhador no Campo de Centeio", relançamento: Janeiro/2016, tradução de Álvaro Alencar, Antônio Rocha e Jório Dauster
Esta é mais uma prova da importância de reler os clássicos ao longo da vida, não sei se mudam os livros ou mudam as pessoas, mas a experiência da leitura nunca é a mesma, posso garantir. Assim foi também com "O Apanhador no Campo de Centeio" que lembro de  já ter lido há muito tempo, quando tinha dezesseis anos, a idade do protagonista imaginado por Salinger, o angustiado e rebelde adolescente Holden Caufield, o narrador nada confiável deste romance que foi considerado um dos clássicos do século XX pela crítica mundial, influenciando gerações de escritores e os movimentos de contracultura dos anos sessenta e setenta. Contudo, o fato é que, na época, não achei nada de excepcional no livro, a…

Ivanna Fabiani - O Universo Pulsa

Imagem
Ivanna Fabiani - O Universo Pulsa - Editora Verve / Grupo 5W - 279 Páginas - Lançamento: 2017
O romance de estreia da jornalista e publicitária Ivanna Fabiani nos ajuda a entender melhor o Transtorno do Espectro Autista ou simplesmente autismo, como é mais conhecido, uma anomalia neurológica que sempre esteve envolvida em preconceito. Na verdade, apresenta uma característica muito peculiar que, em detrimento da capacidade de relacionamento social, aumenta o poder de concentração, fazendo com que os autistas de alta performance sejam mais focados e desempenhem as suas tarefas profissionais com brilhantismo, como podemos constatar por meio de alguns expoentes em áreas de atuação tão distintas como: Mozart, Einstein, Bill Gates e Messi, para citar alguns exemplos mais conhecidos. A autora utilizou a sua experiência pessoal neste campo, transformando o filho Thomas, portador da Síndrome de Asperger, um tipo de autismo, em um dos protagonistas.

Em O Universo Pulsa, Olívia retorna para os EUA…

Luz e sombra nas telas de Maya Kulenovic

Imagem
As obras de Maya Kulenovic já foram exibidas em exposições individuais e coletivas no Canadá, Reino Unido, Holanda, EUA, Irlanda, Itália, Japão, Coréia do Sul e Turquia. Suas pinturas podem ser encontradas em muitas coleções ao redor do mundo. As imagens indefinidas e cercadas por jogos de luz e sombra despertam sentimentos perturbadores e não conseguimos descartar adjetivos como: macabro, grotesco ou assustador. A sensação de desconforto é ampliada pelo fato da artista trabalhar normalmente com crianças e adolescentes como modelos.


A arte provoca reações, nem sempre agradáveis. As telas de Maya Kulenovic lidam com as emoções do público e podem passar uma primeira ideia de utilizar técnicas de realismo, mas logo percebemos que o seu estilo se aproxima mais do impressionismo. A artista nasceu em Sarajevo, Bósnia e Herzegovina, tendo se naturalizado no Canadá, onde reside atualmente. Para conhecer mais sobre o seu trabalho visite o site oficial ou a página do Facebook. A própria artista …

Margaret Atwood - The Handmaid's Tale

Imagem
Margaret Atwood - The Handmaid's Tale - Anchor Books - 311  Páginas - Lançamento: abril/2017  (publicado no Brasil pela Editora Rocco, relançamento: junho/2017, tradução de Ana Deiró)
No site de leitores Goodreads existe uma relação que conta, até o momento, 263 edições diferentes cadastradas para "The Handmaid's Tale" ou o "O Conto da Aia" como foi traduzido no Brasil e relançado ano passado pela Rocco com novo projeto gráfico de Laurindo Feliciano. Uma das distopias mais conhecidas da literatura, a obra publicada originalmente em 1985, ganhou novo fôlego trinta anos após seu lançamento, com a premiada adaptação para uma série de TV nos EUA lançada em abril/2017 que continua em produção, com previsão de nova temporada em 2018, assim como a recente eleição de um certo presidente norte-americano com plataforma política de extrema direita.
Afinal, como já escrevi antes por aqui, distopias sempre provocam maior interesse nos leitores do que as utopias. Posso fala…

Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para 2018

Imagem
Uma das poucas e melhores oportunidades de divulgação para escritores iniciantes, o Prêmio Sesc de Literatura, promovido pelo Serviço Social do Comércio, tem o objetivo de premiar anualmente obras inéditas nas categorias Conto e Romance, destinadas ao público adulto, escritas em língua portuguesa, por autores brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil. Os vencedores terão suas obras publicadas pela editora Record, que é responsável pela edição e distribuição, com tiragem inicial de dois mil exemplares. As inscrições para o Prêmio Sesc de Literatura, que são gratuitas, poderão ser feitas à partir do dia 08 de janeiro até 16 de fevereiro e os vencedores serão anunciados em junho de 2018 (consultar o edital completo aqui).

Uma premissa básica é que o candidato deverá enviar um livro que nunca tenha sido publicado. Entende-se por publicação o processo de edição de uma obra literária e sua distribuição em livrarias ou pela internet, ainda que o livro não possua número de registro no …

Silviano Santiago - Machado

Imagem
Silviano Santiago - Machado - Editora Companhia das Letras - 424 Páginas - Lançamento: 07/12/2016 (Leia um trecho disponibilizado pela Editora).

Talvez o romance brasileiro mais premiado de 2017, tendo vencido o Jabuti nesta categoria, eleito como livro do ano de ficção pela organização e ainda levado o segundo lugar do Prêmio Oceanos (antigo Portugal Telecom de Literatura), "Machado" não é exatamente — ou somente — um romance, embora contenha elementos de ficção. Pode ser classificado com facilidade também como um ensaio de crítica literária, biografia ou até mesmo estudo de pesquisa histórica. É bom que se diga que, em qualquer dessas categorias, é um livro que reflete a erudição do professor Silviano Santiago, Doutor em letras pela Sorbonne, exigindo atenção redobrada do leitor, assim como algum conhecimento prévio sobre a obra machadiana.

O autor limita o período histórico do livro de 1905 a 1908, de acordo com o quinto volume da correspondência de Machado de Assis, public…

As melhores listas de livros de 2017 em um só lugar!

Imagem
É sempre assim, simplesmente não conseguimos acompanhar a enxurrada de listas dos melhores livros do ano no Brasil e no mundo. Aqui você vai encontrar um resumo do que encontrei de melhor nas publicações especializadas sobre 2017 (até mesmo dos anos anteriores, quando disponível) e assim guardar em um só lugar para ler com calma, de preferência antes do próximo ano! Sigam os links e aproveitem a lista das listas em um só lugar.

A impressionante colagem de capas que abre esta postagem é representação da lista da National Public Radio (NPR), com mais de trezentos títulos em categorias que podem ser filtradas e até mesmo combinadas de forma inteligente, tais como: biografia e memórias, livros de culinária, poesias e contos, para amantes da música, infantis, ficção científica e fantasia e muitos outros. Neste site especial da NPR, chamado de NPR’s Book Concierge, você encontrará um resumo de cada título preparado pelos editores. Seguem os links para os últimos anos: 2016 / 2015 / 2014 / 20…

Geraldo Lima - Uma mulher à beira do caminho

Imagem
Geraldo Lima - Uma mulher à beira do caminho - Editora Patuá - 150 Páginas Ilustração de capa, projeto gráfico e diagramação de Leonardo Mathias - Lançamento: 2017
Os contos de Geraldo Lima nos fazem refletir sobre situações extremas provocadas pela desigualdade social, alimentadas por essa espécie de racismo velado tão comum em nosso país. No entanto, este seria um resumo muito simplista para um texto que sabe lidar com o absurdo da condição humana e suas contradições psicológicas, utilizando uma linguagem simples e direta, contudo não desprovida de poesia, na melhor tradição de alguns mestres do gênero da narrativa curta. A antologia, organizada em duas partes com um bonito projeto gráfico, reúne treze contos escritos ao longo de vinte anos e publicados em blogs, sites, revistas eletrônicas e suplementos literários.

Em "Uma mulher à beira do caminho", conto que empresta o título ao livro, o autor imagina o improvável encontro entre um juiz e uma prostituta, ambos representant…

As melhores capas de 2017

Imagem
Quem nunca comprou um livro influenciado pelo design, ilustração ou acabamento? Certamente este foi, no mínimo, um critério de desempate quando tivemos que enfrentar as terríveis limitações de orçamento do ano passado. Aqui está uma lista das melhores capas lançadas no mercado brasileiro em 2017 em ordem cronológica, provando que os nossos profissionais desta área não ficam nada a dever aos estrangeiros. Nesta seleção de dez projetos gráficos, limitei as escolhas a um livro por editora de forma a nivelar a influência do poder econômico dos grupos mais fortes.
Herman Melville - Jaqueta Branca - Editora Carambaia
Lançamento: Janeiro/2017

Que ótimo constatar que ainda existe espaço para editoras brasileiras novas e preocupadas com o acabamento gráfico, herdeiras do bom gosto da extinta Cosac Naify. Sem dúvida é o caso da Carambaia, uma casa que "publica livros de ficção e ensaios com dedicação à produção de edições bem cuidadas na forma e no conteúdo, em pequenas tiragens". Só uma…

As 20 melhores resenhas do Mundo de K em 2017

Imagem
Mais um ano difícil nas áreas de política e economia e, na literatura, as perdas de João Gilberto Noll e Ricardo Piglia. Chegamos novamente ao momento das listas de final de ano. Esta não reflete somente os lançamentos de 2017, mas as melhores resenhas de livros publicadas em ordem cronológica, como sempre com base apenas no meu gosto e avaliação pessoal — sigam os links para ler as resenhas completas. Desejo a todos um ótimo 2018 com muita literatura, cultura e arte em geral. Espero continuar contando com a presença de vocês no Mundo de K!

(01) Julián Fuks - A Resistência
(resenha publicada em 11/01/2017)

Este livro alterna entre a autobiografia e ficção, utilizando "palavras guardadas na obscuridade da memória, palavras já esquecidas e transformadas em vagas noções, turvas imagens, impressões duvidosas", assim define em certa passagem o angustiado protagonista Sebastián, representação do autor Julián Fuks, na tentativa de resgatar a sofrida história da própria família, a com…
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...