Aravind Adiga - Booker Prize 2008

Mais um importante prêmio literário para um autor pouco conhecido. Depois do Nobel para Le Clézio, desta vez a surpresa veio do Man Booker Prize que escolheu o romance "White Tiger" do estreante indiano Aravind Adiga, de apenas 34 anos. Pelo que andei lendo na Internet sobre o romance, trata-se da trajetória de Balram Halwai, filho de um puxador de riquixá cujo sonho de escapar da miséria de sua aldeia o leva numa viagem às luzes brilhantes de Délhi e Bangalore, onde ele se dispõe a fazer quase qualquer coisa para subir na vida.

Com uma premiação de 50 mil libras (88 mil dólares) para o vencedor, o Man Booker Prize é aberto a romances em inglês de escritores da Grã Bretanha, Irlanda, Commonwealth e demais ex-colônias britânicas. Anteriormente conhecido apenas como Booker Prize, o prêmio foi rebatizado após receber o patrocínio do conglomerado financeiro Man Group PLC, cinco anos atrás.

Aravid Adinga venceu outros cinco finalistas, o australiano Steve Toltz, por "A Fraction of the Whole"; o irlandês Sebastian Barry, por "The Secret Scripture"; o indiano Amitav Ghosh, por "Sea of Poppies"; a inglesa Linda Grant, por "The Clothes on Their Backs", e o inglês Philip Hensher, por "The Northern Clemency". Segue abaixo a "short list" completa com os seis autores indicados deste ano:

Aravind Adiga The White Tiger

Sebastian Barry The Secret Scripture

Amitav Ghosh Sea of Poppies

Linda Grant The Clothes on Their Backs

Philip Hensher The Northern Clemency

Steve Toltz A Fraction of the Whole

Outras postagens do Mundo de K sobre o Man Booker Prize:

Resultado do Melhor do Booker / The Best of The Booker Prize / Anne Enright - Boker Prize 2007 / Finalistas do Booker Prize 2007

23 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 melhores distopias da literatura

My Question for Myself

Hilda Hilst - Da poesia

As 20 melhores utopias da literatura

Os meninos da rua Paulo - Ferenc Molnár

O Idiota - Fiódor Dostoiévski