Manhã de Carnaval - Sungha Jung

Vem se aproximando o Carnaval e constatamos novamente o rápido processo de degradação da cultura popular brasileira dos últimos tempos com o interminável lançamento automático de sambas-enredo industrializados e pagodeiros românticos. No entanto, houve uma época em que o termo cultura popular podia ser aplicado com propriedade às composições, onde melodia e letra representavam um esforço de originalidade e qualidade em categorias como o chorinho, samba-canção e mesmo nas antigas marchas carnavalescas.

Um bom exemplo de composição mais elaborada é "Manhã de Carnaval" de Luiz Bonfá e Antônio Maria, incluída na trilha sonora do filme "Orfeu Negro" em 1959 e que consolidou o fenômeno da Bossa Nova, com projeção internacional no final da década de 50. É muito comum músicos de Jazz como Joe Pass, John McLaughlin e George Benson, incluírem nos seus repertórios esta música que já se transformou em um standard para improvisações, assim como "Night and Day" e "My Funny Valentine".

Sungha Jung é um violonista prodígio da Coréia do Sul com apenas doze anos e uma centena de vídeos no Youtube. Existem interpretações melhores na Internet de "Manhã de Carnaval" como a de Baden Powell ou do próprio Luiz Bonfá, mas este vídeo do pequeno Sungha Jung demonstra como a música não tem fronteiras, mesmo que seja com um pequeno sotaque asiático!

Manha de Carnaval - Sungha Jung
Enviado por
vito_di_leo

36 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 obras mais importantes da literatura argentina

As 20 melhores distopias da literatura

My Question for Myself

Objeto de Desejo

As 20 melhores utopias da literatura

Stormy Weather - Fotos da National Geographic