Radiohead no Rio

Thom Yorke
O show de ontem na praça da Apoteose foi perfeito, inesquecível mesmo. Thom Yorke (vocais, guitarra, piano), Jonny Greenwood (guitarra), Ed O'Brien (guitarra), Colin Greenwood (baixo, sintetizador) e Phil Selway (bateria, percussão) mostraram que o Radiohead é a única banda de rock da atualidade que ainda consegue unir criatividade com energia, fazendo dos recursos eletrônicos apenas mais uma ferramenta de trabalho e não um fim em si mesmo. A apresentação demonstrou grande respeito com o público carioca, pois toda a banda tocou por mais de duas horas, incluindo algumas canções de albuns antigos, como "se fosse a primeira vez".

O show foi baseado no último “In rainbows” (2007), mas contou com várias músicas do premiado “Ok computer” (1997) e um final arrepiante com a maravilhosa “Creep” do primeiríssimo “Pablo honey” (1993). Os efeitos de som e luz não deixaram nada a desejar, com destaque para a mistura de imagens dos integrantes da banda com ângulos variáveis ao longo de toda a apresentação. Aconselho acompanhar a versão de São Paulo que será transmitida amanhã (22/03) à partir de 20:30 pelo canal Multishow.

Mais sobre o Radiohead no Mundo de K: Radiohead - OK Computer
30 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

As 20 melhores distopias da literatura

Miriam Mambrini - Pássaros Pretos

Orhan Pamuk - Uma Sensação Estranha

Os meninos da rua Paulo - Ferenc Molnár

As 20 melhores utopias da literatura

Lee Jeffries - Lost Angels