Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Clássicos - Fender Stratocaster

Imagem
A guitarra Fender Stratocaster é um bom exemplo de design que atende aos requisitos de funcionalidade e estética e, por isso, continua tendo a sua marca associada à criatividade e  sendo o objeto de desejo de dez entre dez novos guitarristas. Projetada por Leo Fender, George Fullerton e Freddie Tavares em 1954, passou por algumas inovações tecnológicas mas manteve o seu desenho básico com pequenas alterações até hoje.
Imortalizada por guitarristas como Buddy Holly, Jimi Hendrix, Jeff Beck, Ritchie Blackmore, Eric Clapton, David GIlmour, Buddy Guy e Stevie Ray Vaughan, para citar somente alguns que se tornaram modelos em assinaturas comemorativas da Fender, o instrumento continua inspirando novas gerações de músicos com estilos tão diversos como o Jazz, Blues, Rock, Country, Soul, World Music e até  mesmo MPB. Uma novidade que a internet permite é assistir algumas aulas (de nível básico a avançado) no site da própria Fender (recomendo assistir a este vídeo do Eric Johnson), além de a…

Fernando Pessoa - Plural como o Universo

Imagem
A exposição "Fernando Pessoa - Plural como o Universo", depois de uma temporada de sucesso em São Paulo, no período de agosto de 2010 a fevereiro de 2011 com um público visitante de 190 mil pessoas no Museu da Língua Portuguesa, chega agora ao Rio de Janeiro com projeto do cenógrafo Hélio Eichbauer, a exposição tem como identidade visual o Mar, remetendo à época dos descobrimentos e das grandes conquistas de Portugal, inspirada no livro Mensagem. De acordo com Eichbauer, “a ideia é sugerir viagens mentais e espirituais, em torno das ruas de Lisboa, das aventuras dos heterônimos e de Pessoa”.

Serão projetados trechos de poemas do próprio Fernando Pessoa e de seus heterônimos mais conhecidos: Alberto Caeiro, Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Bernardo Soares e apresentadas também algumas relíquias, como os dois únicos exemplares da revista Orpheu; três exemplares da revista Athena; seis exemplares da Revista do Comércio e da Contabilidade; a série completa de A Revista…

Encontro de Cronópios

Imagem
O evento “Encontro de Cronópios - a literatura de Julio Cortázar no cinema", é uma realização da  Associação Cultural Coletivo João do Rio , com patrocínio da Caixa Cultural e ocorrerá entre os dias 5 e 10 de abril, às 18:00, no Cinema 2 da Caixa Cultural (Avenida Almirante Barroso, 25, Centro RJ). Diariamente, diretores de cinema como Roberto Gervitz e Guilherme de Almeida Prado e escritores como Eric Nepomuceno, David Arrigucci Junior, Cassiano Viana e Roberta Gianninni, além do crítico de cinema José Carlos Avellar, participarão de um debate com o público em torno da obra de Julio Cortázar, focada nos filmes que fazem parte da mostra. A leitura de contos dramatizados, que completa o ato, será feita pelos atores Thelmo Fernandes, Júlio Adrião e Gregório Duvivier. Foi incluído na página do evento um pequeno resumo do autor e sua obra, incluindo alguns vídeos.
O objetivo da mostra é criar uma ponte entre literatura e cinema, como define a coordenadora geral do evento Andr…

I wish I was special

Creep (Radiohead) - Scala & Kolacny Brothers from Alex Heller on Vimeo.
Vejam só que viagem este vídeo formado por 1554 fotos digitais e inspirado no clássico Creep (Pablo Honey - 1993) do Radiohead (versão de Scala and Kolacny Brothers utilizada no trailer do filme The Social Network). Sigam a letra para acompanhar e entender o drama da pobre boneca (letras completas do Radiohead aqui).
Creep (Radiohead)
When you were here before,
Couldn't look you in the eye.
You're just like an angel,
Your skin makes me cry.
You float like a feather,
In a beautiful world
I wish I was special,
You're so fucking special.

But I'm a creep, I'm a weirdo.
What the hell am I doing here?
I don't belong here.

I don't care if it hurts,
I wanna have control.
I want a perfect body,
I want a perfect soul.
I want you to notice,
When I'm not around.
You're so fucking special,
I wish I was special.

But I'm a creep, I'm a weirdo.
What the hell am I doing here?
I…

Os Olhos de Caravaggio

Imagem
A exposição "Gli Occhi di Caravaggio" estará aberta ao público de 11 de Março à 03 de Julho no Museo Diocesano de Milão, apresentando os trabalhos de artistas precursores e contemporâneos de Michelangelo Merisi, mais conhecido como Caravaggio (1571-1610), pintores como Tintoretto e Ticiano e as pinturas que o mestre teria conhecido no ambiente artístico que dominou a área de Veneza à Milão antes de sua mudança para Roma, o que deve ter ocorrido no período de 1595 à 1596.
Uma parte da exposição é dedicada aos trabalhos do próprio Caravaggio, como a imagem de divulgação da exposição "Murtola Medusa", primeira versão cujo nome é derivado do poeta que escreveu o poema em 1600.  Os outros dois trabalhos de Caravaggio apresentados são: "Repouso na Fuga para o Egito" (1595-1596)  e "Flagelação de Cristo" (1607-1608).

Junichiro Tanizaki - Voragem

Imagem
"Ah, é verdade: lembrei-me agora de que foi por esses dias que terminei a pintura da deusa Kannon e a mostrei ao meu marido. — Então, essa é a Mitsuko... Aliás, estou surpreso: seu trabalho está excelente! — comentou ele durante o jantar, entre uma e outra porção de comida na boca, lançando olhares ao quadro aberto ao seu lado sobre o tatame. — Realmente, linda como uma pintura é bem a definição para a beleza da sua amiga. Mas você tem certeza de que o retrato se parece com ela? — perguntou, com expressão duvidosa. — Claro! Tanto se parece que me criou os problemas de que já lhe falei. Só que a verdadeira Mitsuko tem, além desse ar espiritual, uma sugestão de sensualidade que suprimi por não ficar bem numa pintura japonesa — expliquei. O quadro me dera um bocado de trabalho e eu mesma o considero bem executado. Meu marido não se cansava de repetir que era uma obra-prima. Seja como for, era a primeira vez que eu dedicava a uma obra tanto empenho e interesse desde o dia em que começar…

Giuseppe Ungaretti - Vita d'un uomo

Imagem
O poeta italiano Giuseppe Ungaretti (1888-1970) estudou na Sorbonne de Paris onde foi influenciado pelos simbolistas franceses, em especial Mallarmé, conviveu com os mestres do modernismo: Apollinaire, Paul Valéry e André Gide. Em 1936 morou no no Brasil aceitando a cátedra de língua e literatura italiana na USP e retornou para a Itália em 1943 passando a lecionar como professor de literatura moderna e contemporânea na Universidade de Roma. É considerado por muiitos críticos como um dos mais representativos poetas italianos do século XX e um dos fundadores da escola hermética na Itália, juntamente com Eugenio Montale (1896-1981) e Salvatore Quasimodo (1901-1968). Ungaretti foi menos premiado que os dois conterrâneos, talvez por suas ideias políticas fascistas. A Editora Mondadori publicou toda a sua obra em um volume chamado de Vita d'un uomo, dividido em poesia, traduções, prosa de viagens e Ensaios.
Seus poemas são sempre muito curtos e sem pontuação, mas a aparente simplicidad…

Moleskine Art

Imagem
Há quem não troque o seu caderno de notas convencional, Moleskine de preferência, por qualquer outro tablet moderno do tipo iPad. O que dizer então de artistas, Rob Carey por exemplo, que utilizam o Moleskine para pintar ilustrações do tipo paisagem como na imagem de abertura da postagem (Ferrette na França). Já o trabalho abaixo, chamado simplesmente Windy, é da filipina Mice Ailing e foi destacado na página oficial da Moleskine, juntamente com outros belos exemplos, que podem ser vistos aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...