Giuseppe Ungaretti - Vita d'un uomo

Literatura italiana
O poeta italiano Giuseppe Ungaretti (1888-1970) estudou na Sorbonne de Paris onde foi influenciado pelos simbolistas franceses, em especial Mallarmé, conviveu com os mestres do modernismo: Apollinaire, Paul Valéry e André Gide. Em 1936 morou no no Brasil aceitando a cátedra de língua e literatura italiana na USP e retornou para a Itália em 1943 passando a lecionar como professor de literatura moderna e contemporânea na Universidade de Roma. É considerado por muiitos críticos como um dos mais representativos poetas italianos do século XX e um dos fundadores da escola hermética na Itália, juntamente com Eugenio Montale (1896-1981) e Salvatore Quasimodo (1901-1968). Ungaretti foi menos premiado que os dois conterrâneos, talvez por suas ideias políticas fascistas. A Editora Mondadori publicou toda a sua obra em um volume chamado de Vita d'un uomo, dividido em poesia, traduções, prosa de viagens e Ensaios.

Seus poemas são sempre muito curtos e sem pontuação, mas a aparente simplicidade pode levar a enganos quando somos surpreendidos pelo lirismo de suas imagens na forma mais pura possível.


Lontano
(Versa, 15/02/1917)

Lontano lontano
come un cieco
m'hanno portato per mano

Longe
(tradução de Luis Pignatelli)

Longe longe
como a um cego
me levaram pela mão

Notte
(Vallone, 20/04/1917)

In quest'oscuro
colle mani
gelate
distinguo
il mio viso

Mi vedo
abbandonato nell'infinito

Noite
(tradução de Luis Pignatelli)

Nesta escuridão
com as mãos
geladas
distingo
a minha cara

Vejo-me
abandonado no infinito

Os dois exemplos acima foram retirados do volume Giuseppe Ungaretti - Vida de um Homem (Escolha poética), Hiena Editora, tradução do italiano de Luis Pignatelli, tiragem de 1000 exemplares. Lisboa, Janeiro de 1987.
6 comentários
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

A arte de escrever crônicas

As 20 melhores distopias da literatura

Explicação da Eternidade, um poema de José Luís Peixoto

O Idiota - Fiódor Dostoiévski

As 20 melhores utopias da literatura

20 personagens femininas da literatura mundial