Amós Oz e David Grossman na longlist do Man Booker International Prize 2017

Amos Oz e David Grossman
Edições publicadas no Brasil de Amós Oz (Judas) e David Grossman (O inferno dos outros)

Os dois escritores israelenses, Amós Oz e David Grossman, foram incluídos na longlist do Man Booker International Prize, versão 2017. Desde 2016 a organização, que considera romances de qualquer país, desde que traduzidos para o inglês, passou a premiar anualmente um livro específico e não o conjunto da obra do escritor. Amós Oz está concorrendo com "Judas" (ler aqui resenha do Mundo de K) e David Grossman com "A Horse Walks Into a Bar", traduzido no Brasil como "O inferno dos outros" (ler aqui resenha do Mundo de K).

Outros nomes fortes da seleção deste ano: o albanês Ismail Kadare e o chinês Yan Lianke, ambos sempre lembrados para o Nobel de Literatura e com romances lançados no Brasil. A argentina Samanta Schweblin foi a boa surpresa, já conhecia o trabalho dela por meio da antologia de contos "Pássaros na boca" (ler aqui resenha do Mundo de K). Segundo procedimento da premiação, o valor de de 50.000 libras é dividido igualmente entre autor e tradutor. Segue a longlist completa com os 13 selecionados e as informações na seguinte ordem: Nome do Autor (Nacionalidade) / Nome do Tradutor / Título (com link para o resumo do livro):

Mathias Enard (França), Charlotte Mandell, Compass;


Wioletta Greg (Polônia), Eliza Marciniak, Swallowing Mercury;

David Grossman (Israel), Jessica Cohen, A Horse Walks Into a Bar;

Stefan Hertmans (Bélgica), David McKay, War and Turpentine;

Roy Jacobsen (Noruega), Don Bartlett, Don Shaw, The Unseen;

Ismail Kadare (Albania), John Hodgson, The Traitor's Niche

Jon Kalman Stefansson (Islândia), Phil Roughton, Fish Have No Feet;

Yan Lianke (China), Carlos Rojas, The Explosion Chronicles;

Alain Mabanckou (França), Helen Stevenson, Black Moses;

Clemens Meyer (Alemanha), Katy Derbyshire, Bricks and Mortar;

Dorthe Nors (Dinamarca), Misha Hoekstra, Mirror, Shoulder, Signal;

Amós Oz (Israel), Nicholas de Lange, Judas;

Samanta Schweblin (Argentina), Megan McDowell, Fever Dream.

A shortlist será anunciada em 20/04/2017 e o romance vencedor em 14/06/2017.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tianjin Binhai Library, a mais nova biblioteca da China

Joël Dicker - A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert

Jesmyn Ward vencedora do National Book Award 2017

As 20 melhores distopias da literatura

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 melhores utopias da literatura