Amós Oz e David Grossman avançam para a shortlist do Man Booker International Prize 2017

Prêmios literários internacionais
 Shortlist do Man Booker International Prize 2017

Os dois escritores israelenses, Amós Oz e David Grossman, passaram da longlist (treze finalistas) para a shortlist (seis finalistas) do Man Booker International Prize, versão 2017. Amós Oz concorre com "Judas" (ler aqui resenha do Mundo de K) e David Grossman com "A Horse Walks Into a Bar", traduzido no Brasil como "O inferno dos outros" (ler aqui resenha do Mundo de K).

Ficaram pelo caminho alguns nomes muito fortes tais como: o albanês Ismail Kadare e o chinês Yan Lianke, ambos sempre lembrados para o Nobel de Literatura e com romances lançados no Brasil. O meu azarão favorito é a argentina Samanta Schweblin, já conhecia o trabalho dela por meio da antologia de contos "Pássaros na boca" (ler aqui resenha do Mundo de K). Dos seis finalistas, apenas os romances de Amós Oz e David Grossman foram publicados no Brasil. Segundo o procedimento da premiação, o valor de de 50.000 libras é dividido igualmente entre autor e tradutor. Segue a shortlist completa com os 06 selecionados e as informações na seguinte ordem: Nome do Autor (Nacionalidade) / Nome do Tradutor / Título (com link para o resumo do livro):

Mathias Enard (França), Charlotte Mandell, Compass;

David Grossman (Israel), Jessica Cohen, A Horse Walks Into a Bar;

Roy Jacobsen (Noruega), Don Bartlett, Don Shaw, The Unseen;

Dorthe Nors (Dinamarca), Misha Hoekstra, Mirror, Shoulder, Signal;

Amós Oz (Israel), Nicholas de Lange, Judas;

Samanta Schweblin (Argentina), Megan McDowell, Fever Dream.


O romance vencedor será anunciado em 14/06/2017.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas deste blog

Tianjin Binhai Library, a mais nova biblioteca da China

Joël Dicker - A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert

Jesmyn Ward vencedora do National Book Award 2017

As 20 melhores distopias da literatura

As 20 obras mais importantes da literatura brasileira

As 20 melhores utopias da literatura